domingo, 13 de janeiro de 2008

A ética do dia-a-dia


Mais e mais me convenço que a questão central de mudança do modo de pensar dessa nação passa, obrigatoriamente, pela implementação cultural dessa gente. É somente pela educação (familiar e escolar) que poderemos despertar e introduzir no modo de viver desse povo práticas diárias e conceitos como "consciência moral, consciência social, juízo de valor e ética.

A imagem acima e aqui exposta retrata a exata dimensão conceitual da dimensão da importância que adotamos frente a nossa própria (in)consciência em sociedade. Serve ainda de questionamento sobre que escola e que família nós temos hoje. Será que a escola e a família estão fazendo o seu papel enquanto veículos de transformação e compromisso social ?

A resposta nos parece temerária. O que vemos não é e não serve de exemplo para as gerações futuras. O nosso cotidiano está repleto de ações não condizentes com as aspirações de um país em vias de se tornar economicamente grande mundialmente.

Quer conhecer o potencial de um país? Conheça seu povo, seus costumes, suas tradições! os atos e fatos no nosso dia-a-dia funcionam como termômetro de nossas próprias consciências e comprometimento com a sociedade, com o outro e com o meio.

Você já parou para pensar o que nós leva a parar no trânsito diante do sinal vermelho? será que é o respeito as normas visuais ou o medo de ser colhido por um veículo em sentido contrário?

Ora, a falta de critérios e o desrespeito cotidiano não são menos grave que os escândalos e a corrupção institucionalizada. O que é mais condenável: desviar dinheiro público ou corromper um guarda de trânsito? Ou seria menos grave furar a fila de um banco? Sonegar o imposto de renda ou comprar um CD pirata? Derramar toneladas de petróleo no mar ou colocar lixo num terreno baldio?

Todas estas práticas são igualmente graves o que as diferenciam é apenas a oportunidade.

A sociedade se reconhece em suas ações, em suas escolhas políticas, econômicas, sociais e ambientais mas somente pela educação se reconhece um grande povo, uma nação de verdade.

3 comentários:

Dagvan disse...

Parabens pelo texto e pela foto cuja imagem fala por si só.Me lembro de uma frase eterna que diz:CIDADE LIMPA ,POVO CIVILIZADO, estive no Chile no Ano 2000 em uma pequena cidade praiana na costa do pacifico e nunca esqueci de uma frase que lá eu vi em um out-door:A CIDADE MAIS LIMPA NÃO É A QUE MAIS SE VARRE E SIM A QUE MENOS SE SUJA.

Anônimo disse...

gostei muito do texto pois mostra a realidadeem estamos vivendo.
parabens.

Anônimo disse...

concordo plenamente com as opiniões aqui expostas.. e muito obrigada me ajudou muito com a pesquisa :)